domingo, 15 de novembro de 2009

ACABANDO COM DÚVIDAS E MITOS SOBRE MAU HÁLITO

Mau hálito ou HALITOSE é uma sensação que ocorre com os indivíduos e geralmente percebido por outras pessoas. Muitos dizem ser do estômago, do esôfago, enfim... A resposta certa:    NÃO É -   outros dizem ser devido ao tipo de alimentação: NÃO É. Várias são as situações clínicas as quais atribuímos como causas da halitose:
 - processos inflamatórios na mucosa oral, dentes e língua e garganta;
 - processos infecciosos nos dentes, gengivas, língua;
 - amigdalites agudas ou acúmulos de resíduos alimentares nas criptas amigdalianas, secundário a processos infecciosos de repetição;
 - sinusites;
 - abscesso pulmonar;
 - insuficiência renal;  
 - insuficiência hepática;
 - cetoacidose diabética;
 - regurgitação gástrica e refluxo gastroesofágico, em que, parte do conteúdo alimentar possa atingir a região orofaríngea;
 -  bactérias presentes na mucosa oral e superfície da língua que produzem enxofre como resultado de seu metabolismo. 
Esta última condição, é a mais comum no cotidiano das pessoas saudáveis.
Estes são os principais processos descritos na literatura médica e que são causadores  da halitose, ademais, o que dizem por aí são conversas especulativas sem nenhum fundamento, o que popularmente denomino de "conversinhas de comadres" - que passa de geração em geração e acaba por se tê-las como um fundamento e na verdade não passa apenas de mito. 
                               
                              Chega de estórias e mitos.


Bibliografia: 

Laudanna A. A. - Gastroenterologia Clínica. São Paulo: Santos, 1990.

Lopes A. C. - Diagnóstico e Tratamento - vol. 3 - Gastroenterologia. Sociedade Brasileira de Clínica Médica. Manole: Barueri, 2007.